Confira 4 tendências promissoras para o futuro dos pneus no mundo

291118091046

A vida no século XXI devido a tecnologia sofre mudanças rápidas e constantes. No mundo automotivo, é necessário estar sempre atualizado para seguir as novas tendências que vão estar na ordem do dia.

Em relação a pneus, é cada vez maior a adoção de tecnologias que os tornam mais potentes, aumentam o seu rendimento, capacidade de construção, além da utilização de novos materiais que colaboram na redução do consumo de combustível e do impacto ambiental.

Há tendências que apontam para um consumo reduzido da matéria prima, menos borracha e compostos mais duráveis e outras voltadas para pneus mais tecnológicos, como os pneus Run Flat e Eagle-360.

Quer saber o que o futuro reserva para os pneus? Continue acompanhando o nosso post.  

Sustentabilidade Ambiental

A necessidade pela busca de sustentabilidade ambiental é um dos elementos para o pneu do futuro.

As tendências futuras são pela melhor relação entre custo e benefício com a melhoria de compostos de borracha, de um modo que amplie a durabilidade do pneu e diminua a sua resistência ao rolamento e o consumo de combustível, para reduzir as emissões de CO².

Com essa iniciativa inovadora o peso dos pneus será reduzido, e serão incorporados novos materiais e reforços que possam reduzir a massa dos produtos, que beneficiam a sociedade e o meio ambiente. O futuro é oferecer um produto totalmente sustentável e reciclável.

Avanços Tecnológicos

A linha de pneus também ganhará novos modelos com atualizações tecnológicas que vãotrazer mais segurança e conforto.

Entre as novidades, temos o Connesco, um sistema que funciona através de sensores instalados na parte interna do pneu que se comunicam por bluetooth. Ele é mostrado por um aplicativo, que pode ser instalado em seu smathphone. Nele contém todas as informações sobre os seus pneus, como temperatura, desgaste, calibrador digital, e ainda revendedores próximos ao local em que você estiver. O aplicativo já está sendo usado nos Estados Unidos e foi bem aceito, no Brasil está na fase de estudos e ainda sem previsão para a sua chegada.

Outra inovação, será um chip dentro do pneu, que vai compartilhar em tempo real informações como pressão, temperatura, desgaste do produto e quando deve ocorrer a próxima troca. Hoje, o pneu é o único componente que não se comunica com o carro. Esse projeto pretende mudar esse fato, será conectado não só com o carro e o asfalto, mas com o usuário e o ambiente, para a sua performance ser ainda melhor.

E para quem é colecionador de carros antigos, o futuro reserva um relançamento de pneus para carros clássicos com máxima tecnologia, mas mantendo a aparência dos modelos antigos.

 Pneus Run Flat

Outra novidade é o pneu Run Flat, produzido na Bahia. Ele preserva a dirigibilidade e permite que o pneu rode mais de 80km sem ar, ao limite de 80 km/h.

Pneus run flat têm reforços estruturais nos flancos, ombros e talões (a lateral e o aro de fixação na roda). No momento em que está totalmente sem ar pressurizado em seu interior o peso do veículo fica apoiado nessa camada reforçada, as rodas não ficam diretamente em cima da banda de rodagem.

Os run flat por terem estruturas a banda de rodagem e no ombro do pneu são mais resistentes que os pneus normais. Por isso tem vantagens de segurança, como a capacidade de manter o controle do veículo no caso de estouro do pneu. Se em um pneu normal o estouro pode acontecer em 60 km /h, no pneu flat ela só acontecerá em 100 km/h.

Pneu Esférico

O Eagle-360 é um pneu de formato esférico. Ele oferece uma maior aderência nas pistas por conta da maior superfície de contato, que permite manobras laterais, e poderia facilitar a vida para estacionar em vagas estreitas.

O pneu, produzido em uma impressora 3D, é multidirecional, o que reduz o deslizamento, que pode ocorrer em situações de riscos potenciais. Além disso ele ainda tem uma cobertura reforçada na banda de rolagem que ajuda a garantir uma maior superfície de contato, com ranhuras que tem os mesmos elementos que uma esponja natural, tornando-se rígida quando seca e amolecendo quando molhando, oferecendo um desempenho melhor.

Outra característica do pneu é a sua conectividade com o veículo. Ele se mantém preso por conta da levitação magnética, um esquema que é semelhante ao dos trens. Além disso, ele também se conecta com os veículos autônomos, com um sensor que monitora as condições da estrada e comunicam esses dados ao veículo. Esses sensores também registram e regulam o desgaste gradual para aumentar a sua durabilidade.

Como você pode ver o futuro dos pneus é sustentável e tecnológico, além disso ainda terá um rendimento maior do que os dos pneus atuais, com uma excelente qualidade, com mais segurança e conforto.