FORMAS DE REFORMAR O PNEU: RECAPAR, REMOLDAR OU RECAUCHUTAR?



Os pneus são itens essenciais para todo veículo e o cuidado com o seu estado de conservação é de grande importância para garantir ao automóvel estabilidade, segurança e também desempenho.


E a atenção com esse item estende-se também quanto à sua reforma, seja por meio da recapagem, remoldagem ou recauchutagem. Esses três meios de reforma dos pneus de um veículo, diferente do que muitos pensam, são distintos entre si.


Apesar das distinções, todos os meios de reforma necessitam de certificação do instituto nacional de metrologia, qualidade e tecnologia (INMETRO) o qual estabeleceu que todos os pneus de reuso devem conter, obrigatoriamente, o “selo de identificação de conformidade”. Tudo isso foi feito visando aumentar os níveis de segurança e qualidade na prestação dos serviços de recapagem, remoldagem e recauchutagem.


Com isso em mente, é necessário saber a diferença entre os três meios de reforma um pneu para que na hora da escolha, opte-se pela forma que melhor atenda suas necessidades. Sendo assim, veja abaixo as características da recapagem, remoldagem e recauchutagem do pneu.


Recapagem do Pneu


A recapagem consiste na substituição somente da borracha da banda de rodagem que já foi desgastada, ou seja, da parte que entra em contato com o solo.


Dessa forma, uma nova banda de rodagem é colocada no lugar da antiga, podendo tal processo ser feito de duas maneiras: a frio ou a quente.


Na recapagem a frio é utilizada uma banda de rodagem pré-moldada com desenho, a qual é aplicada diretamente na carcaça do pneu, com a temperatura a 115ºc.


Já na recapagem a quente é usado o Camelback, uma banda de rodagem sem desenho que irá se juntar à carcaça do pneu e terá seu desenho definido de acordo com um determinado molde, tudo isso em uma temperatura de 150ºc.


Remoldagem do Pneu


O segundo processo de reforma dos pneus é a remoldagem, também chamado de processo Remold ou talão a talão.


Diferente do processo de recapagem, na remoldagem a reforma é feita com a aplicação de uma camada de Camelback na banda de rodagem, nas laterais e nos ombros da carcaça.


Após a aplicação de Camelback, o pneu é colocado em um molde, onde o processo de remodelagem é feito à 150ºc, obtendo seu novo desenho.


Recauchutagem do Pneu


O processo de recauchutagem consiste em substituir somente a borracha desgastada da roda de bandagem e dos ombros da carcaça dos pneus.


Essa sobrevida dada ao pneu é realizada com uma cobertura de Camelback, aplicada para a estrutura ser colocado em um molde, sendo, posteriormente, aquecido a 150 ºc.


É feita, no fim, uma inspeção final para a certificação da conformidade, garantindo que o pneu recauchutado esteja de acordo com os padrões estabelecidos, para que o produto seja entregue ao cliente.


Com todas essas informações, fica mais fácil ao cliente escolher o tipo de reforma correta com a certeza de que o método aplicado se adapta melhor ao que ele precisa.





2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo