PORQUE TOMAR CUIDADO COM A CALIBRAGEM DOS PNEUS SEU VEÍCULO


Independente do modelo, um caminhão é sempre um alto investimento e requer uma porção de pequenos cuidados diários, principalmente se consideramos também seus acessórios. Aumentar sua vida útil e tornar sua manutenção mais econômica é muito interessante, sobretudo para donos de frotas, que precisam cuidar de vários veículos.


Muitas vezes os pesos transportados chegam a toneladas, rodando durante vários dias em cima do veículo, por esse motivo os pneus merecem uma atenção redobrada sempre, por serem eles que ficam em contato direto com o solo, trafegando por vias que nem sempre estão em boas condições.


Um desses cuidados mais importantes é com a calibragem dos pneus. Por ser tão obvio pode até parecer uma bobagem falarmos sobre ela, mas como todos os cuidados simples, esse também acaba negligenciado na maioria das vezes.


O número de benefícios trazidos por um gesto simples, que pode ser feito até enquanto você abastece seu veículo, é enorme. Hoje vamos entender um pouco melhor sobre a pressão dos pneus e as vantagens que a correta calibragem pode oferecer para seu veículo e para o seu bolso.


A calibragem e a pressão


A palavra pneu, abreviação de pneumático, vem do francês Pneumatique, que significa “cheio de ar”. Já pelo nome fica claro que o correto funcionamento de um pneu está diretamente ligado ao preenchimento de ar dentro dele. A pressão correta assegura o prefeito desempenho do pneu, com o apoio correto no solo, o que evita o desgaste irregular ou precoce do mesmo.


Muitos dos acidentes graves que acontecem nas estradas brasileiras são causados pela calibragem incorreta dos pneus.


Entre aos prejuízos causados pela pressão errada estão: redução da segurança, o aumento de consumo de combustível, a agressão ao meio ambiente, o aumento da temperatura do pneu, o desgaste precoce, e um impacto negativo em no desempenho dos pneus, como a redução da vida útil por quilômetros, a resistência da carcaça, estabilidade e aderência do veículo como um todo.


Para evitar esses danos, é importante calibrar os pneus, no máximo a cada 30 dias. Como eles não são completamente vedados, com o passar do tempo eles vão perdendo a pressão naturalmente.


Mas é importante lembrar que a calibragem deve ser feita de acordo com o tipo e o uso do equipamento. As informações com as recomendações para cada veículo podem ser encontradas no manual de instruções do fabricante.


Consequências da pressão baixa:


- desgaste nos ombros;


- dificuldade ao fazer curvas;


- possiblidade da separação da banda de rodagem;


- desgaste dos terminais de direção;


- direção “pesada”;


- diminuição no desempenho de frenagem;


- maior consumo de combustível.


Consequências da pressão alta:


- desgaste precoce do centro de rodagem;


- rachaduras na base dos sulcos;


- aumento da chance de estouro por conta do impacto;


- aumento no consumo de combustível;


- aumento da temperatura do pneu;


- diminuição da área de contato com o solo.


Fatores que podem acelerar a perda de ar no pneu:


- danos ou instalação incorreta da válvula de ar;


- acumulação de sujeira e outros elementos entre a borda da roda e do pneu;


- a permeação natural de ar através das paredes do pneu;


- pequenos cortes ou furos;


- danos nas rodas, batidas, fissuras, trincas e torcidas;


- micro-furos no composto da borracha do pneu;


- temperaturas baixas;


- dano (deformação, corte) na borda do pneu durante instalação ou reinstalação.


Dicas para manter pneu sempre com a pressão correta:


- procure fazer a calibragem sempre com os pneus frios;


- lembre-se de calibrar também o estepe;


– sempre utilize as pressões conforme recomendado pelo fabricante do veículo;


– utilize um calibrador preciso e previamente aferido;


– nunca calibre um pneu, de caminhão e ônibus, com mais de 10 bars.


E principalmente, crie o hábito de calibrar seus pneus frequentemente. Mesmo que pareça bobo, a correria do dia a dia de entregas, viagens e encomendas, pode fazer com que cuidados como esse passem despercebidos. Em grandes frotas, é ideal que sejam marcadas datas especificas mensalmente para que a calibragem seja feita garantindo a economia e segurança de todos a bordo.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo